INICIO > ESPÉCIES DO BRASIL > CARACARÁ-DO-NORTE  

Caracara-do-norte
Caracara cheriway (Jacquin, 1784)

Ordem: Falconiformes
Família: Falconidae
Grupo:
Caracarás

Nome em inglês: Northern Caracara
Habitat:
Borda de matas, campos e savanas.
Alimentação:
Aves, roedores, invertebrados e carniça.


Distribuição no Brasil:



Status: (LC) Baixo risco


Indivíduo adulto. Boa Vista/RR, Março de 2012.
Foto:
Marcelo Camacho

Vocalização típica (C) - (gravado por: Joe Klaiber)

• Descrição: Mede de 49-58 cm de comprimento, peso de 907-1305 g (mahco) e 1037-1387 g (fêmea) (Del Hoyo et al. 2015). Adulto possuí dorso e partes inferiores preto, cabeça branca com um penacho preto, pescoço branco listrado de preto e tarsos amarelos. O jovem é marrom-escuro, sem o padrão de listras e branco do peito e cabeça, apresentando estrias escuras no pescoço.

É quase idêntico ao caracará (Caracara plancus) que ocorre ao sul do rio Amazonas. Na zona de contato das duas espécies (Amazônia central, ao longo do rio Solimões/Amazonas) pode haver indivíduos híbridos ou sobreposição das espécies, sendo incerta e confusa a diferenciação das duas espécies através da plumagem (obs. pess. W. Menq).

• Taxonomia: Dove & Banks (1999) elevaram a forma C. plancus cheriway à condição de espécie independente e monotípica, com base na análise da distribuição geográfica, plumagem e morfometria de 392 exemplares dos três táxons envolvidos (C. p. plancus, C. p. cheriway e C. lutosus). C. cheriway foi descrito em 1784 a partir de um exemplar vivo do Zoológico de Viena, proveniente da ilha de Aruba, Antilhas, tendo sido considerado espécie plena até sua subordinação a C. plancus como raça geográfica bem diferenciada ("well-marked"), conforme proposição de Hellmayr & Conover (1949:283). Ridgway (1876) foi a primeira fonte a relacionar C. cheriway ao Brasil (CBRO, 2010).

• Alimentação: Alimenta-se principalmente de carniça, complementada com a captura de pequenos vertebrados, incluindo peixes, roedores, tartarugas, invertebrados, além de ovos de tartarugas. Na Flórida/EUA, sua dieta é basicamente de filhotes de aves e invertebrados (Morrison et al. 2008). Quando caça, procura suas presas caminhando pelo solo, principalmente em áreas agrícolas e ao longo das estradas. Sobrevoa queimadas também para predar animais espantados pelo fogo ou animais mortos (Global Raptors, 2010).

• Reprodução: O ninho é grande, construído de galhos e gravetos sempre em árvores mais isoladas no ambiente. Coloca de 2 a 3 ovos, raramente 4, com período de incubação de 28-32 dias. Os pais defendem a prole a qualquer custo, atacando ou dando voos rasantes contra qualquer animal que se aproximar do ninho.

• Distribuição Geográfica: Ocorre do sul dos Estados Unidos ao norte da América do Sul (Colômbia, Equador, norte do Peru, Venezuela, Trinidad, Guianas e Brasil (norte e ao longo do baixo rio Amazonas) (Dove e Banks, 1999).

• Hábitos/Informações Gerais: Ocorre nas planícies, preferindo o lugares abertos, incluindo pastagens de gado, áreas de plantações, savanas, ambientes semi-áridos e praias. Comportamento geral semelhante ao Caracara plancus. O amarelo em sua face transforma-se um amarelo-laranja brilhante quando excitado/estressado.


Indivíduo adulto. Macapá/AP , Março de 2008.
Foto: J. Augusto Alves

Indivíduo adulto. Macapá/AP , Março de 2008.
Foto: J. Augusto Alves

:: Página editada por: Willian Menq atualizada em Mai/2016. ::


• Referências:

CBRO - Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. Resolução nº 34. <www.cbro.org.br> Acesso em Fevereiro de 2010.

Del Hoyo, J., Collar, N. & Marks, J.S. (2015). Crested Caracara (Caracara cheriway). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.) (2015). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. (retrieved from http://www.hbw.com/node/467494 on 8 May 2015).

Dove, C.J., & R.C. Banks. (1999) A taxonomic study of crested caracaras (Falconidae). Wilson Bulletin 111:330-339.

Global Raptor Information Network. 2010. Species account: Crested Caracara Caracara cheriway. Downloaded from http://www.globalraptors.org on 27 Feb. 2010

Morrison, J.L., K.E. Pias, J. Abrams, I.G.W. Gottlieb, M. Deyrup, and M. McMillian. 2008. Invertebrate diet of breeding and nonbreeding caracaras (Caracara cheriway) in Florida. Journal of Raptor Research 12:38-47.

• Site associado: Global Raptor Information Network (em inglês)

 

• Citação recomendada:

Menq, W. (2016) Caracará-do-norte (Caracara cheriway) - Aves de Rapina Brasil. Disponível em: < http://www.avesderapinabrasil.com/caracara_cheriway.htm > Acesso em: