INICIO > ESPÉCIES DO BRASIL > GAVIÃO-PERNILONGO  

Gavião-pernilongo
Geranospiza caerulescens (Vieillot, 1817)

Ordem: Accipitriformes
Família: Accipitridae
Grupo:
Gaviões-planadores

Nome em inglês: Crane Hawk
Habitat: Florestas e savanas.
Alimentação: Pequenos vertebrados.


Distribuição no Brasil:



Status: (LC) Baixo risco


Indivíduo subadulto. Ribeirão Cascalheira/MT, Set. 2013.
Foto: Willian Menq

Vocalização de chamado (A)
(gravado por: Alexandre Renaudier)

• Descrição: Mede entre 43 a 50 cm de comprimento, envergadura de 76-111 cm, e peso de 235-298 g (macho) e 273-353 g (fêmea) (Márquez et al.2005). Apresenta uma intensa variação na coloração da plumagem, com alguns indivíduos mais escuros, quase negros e outros mais cinzas. De maneira geral, domina a plumagem cinza clara em todo o corpo, com asas e cauda, calções e baixo ventre mais claro (com finas listras brancas nos lados). A cauda é negra, com duas faixas brancas, sendo a da base mais larga. Em voo, a silhueta é única, devido à proporção do corpo, cauda e cabeça. As pernas, muito longas, passam um pouco a cauda (Antas, 2005; del Hoyo et al. 1994). A cabeça e o bico são relativamente pequenos e esguios, em comparação com o longo corpo e cauda. Apresenta tarsos longos e avermelhados, servindo como diagnose na identificação da espécie.

• Alimentação: Alimenta-se de lagartos, lagartixas, iguanas, cobras, sapos, pererecas, cigarras, cuícas e outros pequenos vertebrados que ficam em ocos de árvores, bromélias e outras cavidades. Captura filhotes de outras aves no interior de ninhos, seja no interior de ocos, seja construídos (Antas, 2005; Sick, 1997). O G. caerulescens consegue explorar cavidades naturais para capturar as presas, graças aos seus tarsos bastante longos e de grande mobilidade, que devido a uma adaptação na ligação intertarsal, consegue dobrá-los para trás e para frente, até certo ponto. Já foi observado forrageando áreas abertas, ao estilo de um Circus sp. Também pode seguir queimadas para procurar presas acuadas pelas labaredas (Márquez et al. 2005).

• Reprodução: No período de reprodução, o casal realiza rituais nupciais não muito elaborados, que inclui vocalizações e entrega de presas (Del Hoyo et al. 1994). Constrói ninho com gravetos e ramos finos, no formato de taça, localizado no alto de árvores, às vezes oculto entre epífitas. Coloca cerca de 2 ovos, com um período de incubação de 35 dias (Antas, 2005).

• Distribuição Geográfica: Ocorre desde o México até a Argentina e Uruguai, incluindo todo o Brasil (Del Hoyo et al. 1994).

• Hábitos/Informações Gerais: Habita florestas úmidas e estacionais, cerrado denso, cerradão e fragmentos em regeneração, às vezes em talhões de eucalipto mesclados com vegetação nativa e áreas úmidas como brejos e manguezais (Antas, 2005; del Hoyo et al. 1994). Tem o hábito de coçar a garganta e a face com as garras e arrumar a cauda com o bico.



Indivíduo adulto. Refúgio Ecológico Caiman, Miranda/MS. Set 2010.
Foto:
Douglas P.R. Fernandes

Individuo adulto. Área rural de Canela/RS, Julho 2012.
Foto: Willian Menq

Indivíduo adulto. Corumbá/MS, Outubro de 2009.
Foto:
Antonio Carlos Pavanato



Indivíduo adulto explorando cavidade em árvore.
Foto:
Alastair Rae

Indivíduo adulto. Aquidauana/MS , Julho de 2004.
Foto:
Marco Guedes

Indivíduo adulto junto a urubus. Ribeirão Cascalheira/MT, Nov 2013.
Foto: Willian Menq



:: Página editada por: Willian Menq em Fev/2015. ::


• Referências:

Antas, P. T. Z. Aves do Pantanal. RPPN: Sesc. 2005

Del Hoyo, J.; Elliotti, A.; Sargatal, J. Hand-book of the birds of the world. v. 2. Barcelona: 
Lynx Edicions, 1994.

Márquez, C., Gast, F., Vanegas, V. & M. Bechard. 2005. Aves Rapaces Diurnas de Colombia. Bogotá: Instituto de Investigación de Recursos Biológicos Alexander von Humboldt. 394 p.

Sick, H. 1997. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro. Ed. Nova Fronteira.

• Site associado: Global Raptor Information Network (em inglês)

 

• Citação recomendada:

Menq, W. (2016) Gavião-pernilongo (Geranospiza caerulescens) - Aves de Rapina Brasil. Disponível em: < http://www.avesderapinabrasil.com/geranospiza_caerulescens.htm > Acesso em: