INICIO > ESPÉCIES DO BRASIL > FALCÃO-DE-BUCKLEY  

Falcão-de-buckley
Micrastur buckleyi (1919)

Ordem: Falconiformes
Família: Falconidae
Grupo:
Falcões-florestais

Nome em inglês: Buckley’s Forest-Falcon
Habitat:
Florestas
Alimentação:
Aves e répteis

Distribuição no Brasil:


Status:(LC) Baixo risco
Endêmico da Amazônia


Indivíduo adulto. Rio Madre de Dios, Bolivia. Nov 2004
Foto:
Joe Tobias

Vocalização típica (C) - (gravado por: Nick Athanas)

• Descrição: Mede de 41-51 cm de comprimento (Bierregaard & Boesman, 2013). Adulto apresenta o dorso preto com partes inferiores branco-creme; alto da cabeça e colar nucal preto, com uma faixa de mesma cor estreita que se estende até abaixo dos olhos; íris escura e cauda com quatro faixas brancas (Márquez et al, 2005). É muito parecido com o falcão-relógio, diferenciando-se no padrão de barras da cauda, no pequeno tamanho e nos tarsos proporcionalmente mais curtos. O nome "buckley" foi em homenagem ao entomólogo e coletor Charles Buckley (1878).

• Alimentação: Hábitos alimentares desconhecidos. Acredita-se que seja um especialista na captura de aves. Um registro em etiqueta de um museu, relata que a predação de um roedor arborícola (Mesomys) (Márquez et al. 2005; Bierregaard & Boesman, 2013).

• Reprodução: Dados desconhecidos. Provavelmente nidifica em cavidades de árvores igual aos outros membros do gênero.

• Distribuição Geográfica: Ocorre no Equador e Peru, além de escassos registros na Colômbia e no Estado do Acre (Brasil).

• Hábitos/Informações Gerais: Habita as florestas tropicais e subtropicais com registros em elevações de até 1.800 m (CBRO, 2009). No Brasil, foi registrado na região do alto rio Juruá no estado do Acre. Os registros brasileiros ocorreram em quatro oportunidades, no alto rio Juruá, Acre, entre 1992 e 1999 (CBRO, 2009).

 

:: Página editada por: Willian Menq em Mai/2016. ::



• Referências:

Bierregaard, R.O., Jr & Boesman, P. (2013). Buckley's Forest-falcon (Micrastur buckleyi). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.) (2013). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona.

CBRO - Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos (2009) Resolução nº 108. Versão 9/8/2009. Disponível em <http://www.cbro.org.br>. Acesso em: Abril de 2010

Márquez, C., Gast, F., Vanegas, V. & M. Bechard. 2005. Aves Rapaces Diurnas de Colombia. Bogotá: Instituto de Investigación de Recursos Biológicos Alexander von Humboldt. 394 p.

• Site associado: Global Raptor Information Network (em inglês)

 

• Citação recomendada:

Menq, W. (2016) Falcão-de-buckley (Micrastur buckleyi) - Aves de Rapina Brasil. Disponível em: < http://www.avesderapinabrasil.com/micrastur_buckleyi.htm > Acesso em: